quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Enfeites ou Cartões de Natal divertidos com foto!!

Para fazer enfeites ou cartões de natal divertidos e personalizados como este baixe aqui!

Temas mensais para 2014

Se você é meio neurótica como eu, já começou a imprimir e buscar materiais para 2014. Então a dica vai pra você mesmo: a Sra Gomes do blog Ala Jardim do Sol já fez e postou os cartazes com os temas e escrituras mensais para 2014.
Estou indo lá baixar pra mim! Também queres ir? Clique aqui então.

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Globos de vidro

Que tal fazer um globo de vidro como lembrancinha de Natal? A Valdenice Almeida, nossa seguidora lá no facebook, compartilhou o link de onde ela encontrou a ideia. Val, não deixe de nos mandar fotos da atividade?
Quem quiser conferir, clique aqui.

Hino para 2014: A Família é do Senhor

Cliquem aqui para ver o vídeo do hino "A família é do Senhor", compartilhado pelo irmão Rey Fergon.

Canções de Natal para dezembro



Vocês já planejaram seu Tempo de Cantar de dezembro? Que tal encher o mês com hinos que falem do Salvador?
Se alguém quiser ensinar o hino Natividade para as crianças e não tiver um cartaz, pode usar as gravuras disponibilizadas no site da Igreja. Tem uma pra cada estrofe.
Quer conferir? Clique aqui.

domingo, 24 de novembro de 2013

Valorosos: Cartão da lição 46 do manual Primária 05


Fonte do cartão: Sugardoodle

Clique na imagem para ampliar e baixar.

Tempo de Compartilhar: 4º tópico de novembro

Essas vem do Sofia's Primary Ideas. Coloquei ao final da postagem gravuras para ajudar quem quiser usar alguma destas sugestões. Amanhã posto o restante.

 
*Escolha 10 crianças para interpretar a história dos 10 leprosos. Entregue-lhes um band-aid para cada um colocar no rosto. Tenha em mãos uma gravura de Jesus. Quando eles estiverem curados, eles poderão retirar o band-aid e gritar, reverentemente, de alegria. Designe uma das 10 crianças para ser aquele que voltará para agradecer.
Leia Lucas 17:11-19.
Presidente Monson disse : Por meio de intervenção divina, aqueles leprosos foram poupados de uma morte lenta e cruel,recebendo nova oportunidade de vida. A gratidão que um deles expressou conquistou a bênção do Mestre; a ingratidão dos outros nove deixou-O desapontado. Meus irmãos e irmãs, será que nos lembramos de agradecer pelas bênçãos que recebemos? Uma expressão sincera de agradecimento não apenas nos ajuda a reconhecer nossas bênçãos, mas também abre as portas do céu e nos ajuda a sentir o amor de Deus. (A Liahona, novembro de 2010, O Divino Dom da Gratidão, pág. 87)
Entregue pequenos band-aids de papel para as crianças (podem ser apenas tiras de papel) para que elas escrevam/desenhem coisas pelas quais elas são gratas. Tenha 09 copos para representar os 09 leprosos que não disseram Obrigado!
Podemos ser mais gratos do que eles foram e demonstrar ao Pai Celestial o quanto somos gratos por todas as bênçãos que Ele tem nos dado. Vejamos se conseguimos encher estes 09 copos!!
 



*Quando for hora do Tempo de Compartilhar, saia da sala e diga às crianças que observem como você vai voltar. Ao entrar novamente, caminhe de forma bem exagerada, como se você fosse a coisa mais especial da Terra.
Como vocês descreveriam minha forma de caminhar? Um pouco orgulhosa, com arrogância talvez? Presidente Gordon B. Hinckley disse: “Quando a pessoa é grata, não se porta com arrogância, presunção nem egoísmo. Ela tem um espírito de gratidão que lhe é típico. Esse espírito abençoará a vida de cada um” (citado no mesmo discursoA Liahona, novembro de 2010, O Divino Dom da Gratidão, pág. 87)
Como caminhamos “com o espírito de gratidão"? Damos graças ao Pai Celestial por todas as nossas bênçãos e os fazemos com muita frequência! Tenha a gravura de 12 pegadas diferentes, grudadas no chão, e nelas esteja escrito nomes de lugares nos quais podemos caminhar com gratidão (lar, escola, lojas, Igreja, parques, férias, jardins, Templo, Noite Familiar, casa de amigos, biblioteca etc.). Traga dois dados e deixe as crianças rolarem-no e caminharem tantos passos quanto o numero que tirarem nos dados. Uma vez que estejam em cima de uma das pegadas, elas deverão citar uma benção pela qual são gratas ao Pai Celestial. Por exemplo, se estiverem sobre a pegada Escola, elas poderiam dizer “sou grata pela segurança e bons professores”. Ou Noite Familiar: “Sou grato por podermos compartilhar testemunhos juntos como uma família."


* Presidente Joseph F. Smith disse “O homem grato vê no mundo muitas coisas pelas quais deveria agradecer, e para ele o bem supera o mal. O amor derrota a inveja, e a luz expulsa as trevas de sua vida”.  E continuou: “O orgulho destrói nossa gratidão e a substitui pelo egoísmo. Somos muito mais felizes na presença de uma alma grata e amorosa, e devemos ser muito cuidadosos ao cultivar, por meio de uma vida fervorosa, um espírito de gratidão para com Deus e para com o homem!” (citado no mesmo discurso A Liahona, novembro de 2010, O Divino Dom da Gratidão, pág. 88)
Traga para a classe um grande par de óculos. Faça com que as crianças venham à frente, coloquem os óculos e procurem por coisas pelas quais elas podem ser gratas. Esconda itens pela sala que representem bênçãos que o Pai Celestial nos tem dado.
Não precisamos realmente de grandes óculos para ver nossas bênçãos, precisamos? Apenas precisamos ter corações gratos e deixar o Pai Celestial saber o quanto somos gratos por tudo o que Ele faz por nós!

 

* Faça com que as crianças procurem por escrituras sobre como Jesus demonstrou gratidão ao Pai Celestial. (todos os exemplos foram retirados de um discurso maravilhoso do Élder Hales, encontrado aqui, em inglês. Ensign maio de 1992)
Dando graças antes do Sacramento: I Coríntios 11:23-24 e Marcos 14:23
A estória de Lázaro, agradecendo ao Pai Celestial por ouvir sua prece: João 11:33-41
Os pães e os peixes – graças pelos milagres: João 6:5-14
Graças pelo Espírito Santo: 3 Néfi 19:20-21

Tenha gravuras que representem cada estória.

Jesus era uma pessoa grata? Nós deveríamos ser gratos também?
Leia Alma 34:38:
Que não mais luteis contra o Espírito Santo, mas que o recebais e tomeis sobre vós o nome de Cristo; que vos humilheis até o pó e adorei a Deus em qualquer lugar em que estejais, em espírito e em verdade; que vivais rendendo graças diariamente pelas muitas misericórdias e bênçãos que ele vos concede.
É nos ordenado que vivamos rendendo graças diariamente!!
Se possível, entregue a cada criança um copo de plástico e uma sacola Ziploc de pequenos pom-poms. Convide-os a encher seus copos toda noite com pom poms. Para fazer isso, eles devem citar algo com que o Pai Celestial o abençoou naquele dia!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Cartazes para 2014 do Simply Fresh Designs

A dica vem do Sugardoodle: Heather, do Simply Fresh Designs, criou cartazes para 2014 e a procura por versões em outras línguas foi tão grande (eu também pedi! hehehe) que ela resolveu compartilhar o material sem as palavras, daí poderemos incluir o texto que quisermos.
Os cartazes em inglês podem ser vistos aqui e, para baixa-los em branco, usando as gravuras dela, cliquem aqui.
Segundo a Heather, é possível acrescentar as palavras usando programas como o Picasa, um programa gratuito do Google, ou ainda editores de imagens, como o Photoshop ou Photoshop Elements.
A Heather também pediu que enviemos para ela nossas versões se quisermos compartilhar com outras pessoas. O email é simplyfreshdesigns@gmail.com. Ela então vai postar para todos que quiserem fazer o download.
Se quiserem, mandem pra nós e encaminharemos para ela.

Capas para pastas e cadernos em 2014

A Miche Nicole traduziu e compartilhou no Primaria SUD Detalhes capas para pastas ou cadernos com o tema de 2014.
Quem quiser conferir, clique aqui. Eu já fui!

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Tempo de Compartilhar: 4º tópico de novembro

Semana 4: Devemos agradecer ao Pai Celestial por todas as nossas bênçãos.

Sugestão do Esboço
Identificar a doutrina: Mostre às crianças uma ou duas coisas que você ganhou de outra pessoa. Explique-lhes que esses presentes são importantes para você e que você agradeceu quando os recebeu. Peça às crianças que compartilhem outras maneiras pelas quais podemos mostrar gratidão pelos presentes que recebemos. Pergunte às crianças a quem devemos agradecer por todas as nossas bênçãos. Discutam os motivos pelos quais devemos agradecer ao Pai Celestial por todas as nossas bênçãos.
Incentivar a compreensão (fazer listas): Em cinco saquinhos separados, coloque um pedaço de papel, uma caneta e um dos seguintes itens: A gravura de uma capela da Igreja, uma peça de roupa, as escrituras, a gravura de uma família e uma gravura do Salvador. Divida as crianças em quatro grupos e dê a cada grupo um dos saquinhos. Peça a cada grupo que olhe para o que tem lá dentro e escreva em um papel uma maneira de mostrar gratidão por aquilo. Depois peça que elas coloquem o item, o papel e a caneta de volta no saquinho, e passem para o outro grupo. Permita que cada grupo tenha a chance de olhar todos os saquinhos e depois convide cada grupo a compartilhar o que está escrito na lista do seu respectivo saquinho.
Incentivar a aplicação (compartilhar ideias): Peça a algumas crianças que compartilhem o que aprenderam com essa atividade e o que farão para aplicar o ensinamento em sua vida.

Outras sugestões

Gravuras

menino orando
oração familiar

Escrituras
Salmos 50:14
I Timóteo 4:4

Este mês estivemos conversando sobre gratidão, ou sobre sermos gratos. Deveríamos agradecer ao Pai Celestial por todas as nossas bênçãos. Tudo o que temos vem Dele, e precisamos agradecê-Lo com frequência. Como você se sente quando se esforçou muito para ajudar uma pessoa e ela parece nem se importar? Como você se sente quando dá um presente para alguém e ela não te agradece? Nos sentimos magoados e decepcionados.
Pai Celestial se sente triste quando não Lhe agradecemos.
Em Doutrina e Convênios, o Senhor nos dia que a ingratidão é um dos maiores pecados. Leia D&C 59:21.
No Livro de Mórmon, Amuleque ensina que devemos agradecer ao Senhor diariamente por nossas bênçãos. Ele disse (leia Alma 34:38).
O que significa viver rendendo graças diariamente?
Quais são algumas misericórdias e bênçãos que Deus tem lhe dado?

Desafio: a cada dia desta semana, agradeça ao Senhor por pelo menos três coisas.

Nos quadros abaixo, desenhe 04 coisas diferentes pelas quais você é grato(a):




quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Recursos Arvore da Vida!!

Recortes bem legais para serem usados em aula ou noite familiar!

Mais decorações de Natal

As dicas de hoje são:
Mini árvore de Natal com dobradura, do Pra Gente Miúda


Passa lá no blog pra ver como faz. Tem fotos do passo a passo.


Anjinhos feitos com sanfona de papel, também do Pra Gente Miúda



quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Idéia Bacana!

Embora seja do tema de 2010, é uma ideia muito bacana essa montagem com as crianças ouvindo o Salvador, pode ser uma feito para alguma atividade, se alguém souber quem pode fazer pode comentar aqui!!

Lembrancinha 2014 Início do Ano!

Essa é uma ideia muito legal que pode ser usada no inicio do ano, um folheto com o resumo do que iremos aprender, uma pulseira e um lápis personalizado assim todos os dias na escola as crianças poderão se lembrar do tema da primária e das coisas que estão aprendendo durante a semana inteira!!
Vejam o link da ideia!

Tempo de Compartilhar: 3º tópico de Novembro

Semana 3: Sou grato pelas bênçãos espirituais.
Sugestão do Esboço para o Tempo de Compartilhar:

Identificar a doutrina e incentivar a compreensão (ler as escrituras): Prepare um presente com uma gravura do Salvador e a seguinte referência de escritura dentro: Morôni 10:8–17.
Escreva no quadro, "Sou grato pelas bênçãos espirituais".
Explique-lhes que há muitas bênçãos espirituais que o Senhor pode nos dar; Ele nos dá
essas bênçãos pelo poder do Espírito Santo. Peça a uma criança que abra o presente e mostre o conteúdo. Peça às crianças que procurem a escritura e encontrem as bênçãos espirituais que o Senhor pode nos dar e as escreva no quadro. Discuta algumas das bênçãos e explique-lhes que devemos usá-las para ajudar outras pessoas.


Sugestões da Sofia em
Sofia's Primary Ideas:

1. Faça a demonstração clássica da luva e a mão.
A luva é nosso corpo. O espírito é nossa mão. A luva se move sem a mão? Nossos corpos estão vivos por causa de nossos espíritos! Semana passada falamos sobre bênçãos tenporais. Estas, com frequencia, estão relacionadas a nossos corpos e nossa vida terrena.
Segure a luva e faça com que as crianças citem 5 bênçãos, uma para dedo.
Nesta semana, falaremos sobre bênçãos espirituais.
Após uma breve lição, faça com que as crianças desenhem o traçado de suas mãos em um papel e escrevam ou desenhem algumas bênçãos espirituais também.

2. Algumas perguntas que poderiam ser feitas às crianças:
- Se você é um membro fiel da Igreja, ao menos quantos dons espirituais o Pai Celestial te deu? (ao menos 1, mas com frequência são mais)
- Quais são alguns dons do espírito? 1 Coríntios 12:1-12 ou Morôni 10:8-18.
- Como nossa bênção Patriarcal nos ajuda a entender as bênçãos espirituais?
- Como podemos buscar bênçãos espirituais? D&C 46:7, 9 , 30-33
- Quantas bênçãos espirituais a Regra de Fé nº 7 menciona?

3. No discurso "Spiritual Gifts" do Elder Oaks (Ensign Set. 1986), ele menciona que nem todos recebemos os mesmos dons. Você poderia pedir que as crianças de cabelo castanho fiquem de pé. Depois, as crianças de olhos azuis, as meninas etc.
Somos todos diferentes e recebemos corpos diferentes. É a mesma coisa com nossos espíritos. Nossos espíritos são diferentes uns dos outros e todos temos diferentes dons espirituais! (D&C 46:11)

4. Convide uma criança a via à frente. Pergunte se já viu seu próprio coração. Como sabem se seus corações estão mesmo aí dentro se nunca o viram? Não vemos nossos espíritos,mas sabemos que nossos
espíritos são reais. É o mesmo com nossos dons espirituais. Não os vemos com frequência, mas os sentimos e temos ciência deles.
Escolha 3-4 diferentes histórias, todas sobre diferentes dons espirituais para as crianças apresentarem e ouvirem. Divida a classe em 3-4 grupos. Faça com que contem a estória, e não necessariamente a leiam. As crianças poderiam usar alguns adornos ou vestimentas para encenar uma parte na estória. Cada estória deve durar aproximadamente 2-3 minutos.
Algumas ótimas estórias:
O dom da tradução- Joseph Smith traduz o Livro de Mórmon
O dom da sabedoria - Salomão e a estória das duas mulheres alegando serem a mãe de um bebê
O dom de acreditar no testemunho de outros- Néfi acreditou em seu pai Leí e orou para saber a verdade. Ele acabou tendo sua própria visão da Árvore da Vida.
Sentimos os dons do espírito e os recebemos através do dom do Espírito Santo. Somos gratos por bênçãos espirituais!

ps. Sophia também sugeriu duas outras estórias, sobre o dom da fé e de línguas, mas ambas não foram traduzidas para o português.
O dom das línguas - The Lord Took Over (um missionário é capaz de ensinar o evangelho, mesmo não conhecendo a língua)
O dom da fé - The Miracle of the Brick Kiln

Peça A Branca de Neve e as Sete Tentações

A Michele Romero mencionou esta peça em uma postagem e eu fiquei curiosa. Embora tenha sido usada em uma atividade das Moças, acho que dá pra usar com nossas crianças. E além do mais, eu adoro guardar material de outras organizações. Vai que eu preciso um dia, não é mesmo?

A peça é de autoria de Jorge Linhaça, e eu a encontrei aqui. É permitida a cópia desde que seja dado crédito ao autor e não seja para uso comercial.

Branca de neve e as sete tentações

Havia, em uma ala qualquer, não muito distante daqui, uma linda menina chamada de Branca de Neve. A menina era assim chamada por conta de sua pureza  e obediência às leis de Deus.
Sua alma era "branca como a neve".
Mas como na vida nem tudo é perfeito, chegou a hora da menina ter mais contato com o mundo e precisou sair de casa todos os dias para ir à escola. Não que a escola seja ruim, pelo contrário, todos nós precisamos aprender e desenvolver nosso conhecimento em muitas áreas.
Acontece que, na escola, encontramos pessoas com outras ideias e comportamentos.
Branca de neve estava prestes a descobrir uma série de amigos diferentes, sete crianças que lhe ensinariam muito a respeito de como as pessoas comuns, mesmo sem querer, podem encontrar-se longe dos caminhos do senhor.
Assim como na história clássica da branca de neve , os seus novos amigos atendiam por  apelidos. Um deles era da mesma igreja de Branca, e  era conhecido por Dunga.
Os demais eram: Soneca; Dengoso; Feliz; Mestre; Atchim e Zangado.
Branca logo descobriu o porquê daqueles apelidos engraçados.
Dunga parecia aquele anão do conto infantil, simpático, cordial, mas incapaz de falar sobre o que aprendia na igreja com seus amigos. Branca, ao contrário, procurava sempre compartilhar os ensinamentos de Cristo com seus amiguinhos, como daquela vez em que lhe ofereceram café com leite como parte da merenda escolar e ela recusou explicando sobre a palavra de sabedoria. Dunga nada dizia, limitava-se a fazer o que todos faziam e aceitava o café com leite.
Soneca era a típica menina que ficava entediada com qualquer aula da escola, e mais ainda quando Branca procurava lhe contar sobre as coisas que aprendia na igreja. Logo Soneca estava cochilando ou bocejando, nem um pouco interessada com o que acontecia.
Já o Dengoso era aquele menininho que parecia sempre carente, sempre dizendo precisar de algo que lhe  preenchesse o coração. Ouvia o que Branca dizia e sempre prometia ir à igreja no próximo domingo... Mas sempre deixava para o domingo seguinte, procrastinando (adiando)  a sua visita.
O Feliz era um caso à parte, não levava nada a sério e fazia piadas de tudo o que Branca dizia.
Sobre o fato de ela não tomar café, Feliz logo soltava algo do tipo "Ela tem medo de ficar preta!" E gargalhava, fazendo com que outros também rissem. E assim era com todas as coisas.
Mestre era aquele típico estudante arrogante, que acreditava saber mais que tudo e todos. Sempre tinha visto em algum programa ou ouvido em algum lugar algo que servisse para discordar do que Branca dizia. Sobre o uso de palavrões, por exemplo, ele dizia que fazem parte da linguagem popular e que não podem ser reprimidos. Citava até músicas que insinuavam atitudes impróprias e dizia que eram sucessos, pois era disso que o povo gostava.
Já o Zangado era um caso à parte, tudo o fazia ficar irritado, ouvir sobre Deus então era para ele o fim do mundo. Logo saia resmungando que já tinha sua religião e não estava a fim de ouvir baboseiras de outras pessoas.
Por fim, havia o Atchim. Esse era uma figuraça, tinha uma verdadeira alergia a tudo que dissesse respeito ao evangelho, ficava tão irrequieto e incomodado que desandava a espirrar feito louco, fazendo um som de MiinTchiiiraaaa.
Branca de neve preocupava-se com seus novos amiguinhos, mas não sabia o que fazer.
Assim sendo, foi cedendo aqui e acolá ao modo de ser de seus novos amigos, adquirindo hábitos que não faziam parte de sua vida como filha de Deus. Mas isso continuava a incomodá-la.
Seus pais, percebendo a mudança de comportamento de Branca, perguntaram-lhe o que a estava fazendo mudar. Ela falou de seus novos amigos e de como se comportavam, igual a maioria dos outros alunos. Estes lhe explicaram que as pessoas são assim mesmo, diferentes na sua forma de pensar e agir e que tudo que Branca poderia fazer era orar com fervor para que Deus lhe mostrasse o caminho para ajudar esses seus amigos a abrirem seus olhos e seu coração para aceitar ou ao menos compreender  a alegria que Branca sentia por seguir o evangelho.
Branca decidiu então ir para o seu quarto e abrir o seu coração diante do Pai Celestial, pedindo perdão pelas suas fraquezas e pedindo, também, que o Senhor preparasse um caminho para que seus novos amigos compreendessem alegria que sentia por ter o evangelho em sua vida.
Foram vários os dias em que Branca orou ao Senhor até que suas orações começaram a ser respondidas. Dunga, vendo o seu exemplo, começou a abrir a  boca e concordar com Branca nas conversas com os outros amigos. Em pouco tempo, o exemplo dos dois começou a contagiar os demais que começaram a perceber que havia algo de especial nas coisas que diziam. Atchim já não espirrava com tanta frequência, Mestre agora andava pesquisando na internet sobre as coisas que os dois diziam, Zangado andava menos resmungão e vez por outra até arriscava um sorriso tímido. Dengoso decidiu finalmente ir a uma reunião da igreja, sem compromisso, claro, apenas para conhecer. Feliz diminuiu muito as piadinhas. E Soneca mantinha-se atenta à conversa por algum tempo.

Como acaba esta história? Não sei! Isso vai depender de como as pessoas da igreja receberem os amigos de Branca de neve... Vai depender de cada Branca de neve ou Branco de neve que me lê. Afinal, todos nós temos amigos parecidos com o de nossa heroína, não é mesmo?
Na escola, no trabalho, no futebol, na universidade, entre nossos vizinhos, nossa família ou mesmo sentados ao nosso lado nos bancos da Igreja. Podem estar também entre os menos ativos, não é mesmo?
Enfim, cada um deles pode estar apenas esperando que nossas orações sejam atendidas para que seus olhos e corações se abram.
Ou será que preferimos comer a maçã envenenada das coisas do mundo e adormecer espiritualmente?
Que cada um desenvolva o desejo de fazer a sua parte em prol daqueles que precisam aprender olhar em direção à luz divina.
Mas e o Príncipe Encantado? Ah...esse na nossa história tem outro nome...Jesus, o Príncipe da paz. Afinal é somente através dele que podemos chegar ao Reino de Deus.

Salvador, 03 de maio de 2013.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

árvore de natal



É, já deu pra perceber que já estou no clima!
Achei uma sugestão para fazer uma árvore de natal pequena, usando apenas caixas de papelão e aqueles enfeites que vem em várias cores (verde, brancas, douradas). Não sei o nome em português, mas vendo as fotos vocês vão saber do que falo!
A ideia encontrei aqui e é bem fácil de fazer! 

Lembrancinhas (ou enfeite de Natal)

Estamos pensando sobre lembrancinhas para o natal e tenho feito algumas buscas quando o tempo me permite (coisa rara ultimamente!).
Hoje chegou na minha caixa de email uma ideia simples e bem bacana, que pode tanto servir de lembrancinha ou mesmo para enfeitar a sala da Primária (ou a sala da sua casa!).



O passo-a-passo está aqui  e, embora esteja em inglês, as fotos dizem tudo.

Aula 45 do Primária 05 - Lorenzo Snow

Já falei aqui da arte do artista sud Morian Mohaney, não é?
Agora compartilho o cartão que ele criou para Lorenzo Snow.
Quem quiser ver, clique aqui.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Sugestão de apresentação de Natal

-->
Achei no PriMusic uma ideia para festa de Natal da Ala, postada por Cozette Freckleton:

Tiramos fotos das crianças da Primária em grupos e individualmente. 
Mudamos a cor das fotos, que foram tiradas durante o outono. As crianças estavam
segurando lanternas e estrelas. Depois montamos uma apresentação de slide com música e
assistimos ao vídeo no dia da festa de Natal da Ala.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Tempo de Compartilhar: 2º tópico de novembro 2013

Sugestão do esboço:
Semana 2: Sou grato pelas bênçãos materiais.
Identificar a doutrina: Escreva no quadro, "Sou grato pelas bênçãos materiais". Peça às crianças que repitam a frase. Explique-lhes que as bênçãos materiais são aquelas que podemos ver, tocar, ouvir, sentir o sabor ou cheirar.

Incentivar a compreensão (jogo de adivinhação): Mostre objetos ou gravuras que representem algumas de nossas bênçãos materiais (por exemplo, o corpo, o lar, a comida, a água, as roupas, a saúde, o sol, a lua, as estrelas, a Terra, os animais, as plantas, a família, os amigos, os brinquedos, os livros e a escola). Dê algumas pistas ao descrever uma das bênçãos e peça às crianças que adivinhem que bênção está descrevendo. Para as crianças maiores, escreva cada uma das bênçãos em um pedaço de papel e coloque-os em um recipiente. Convide uma criança para escolher um e dar dicas sobre a bênção para as outras crianças.
Quando as crianças adivinharem a bênção, escreva-a no quadro e peça a uma criança que  compartilhe algo pelo qual é grata.

Incentivar a aplicação (compartilhar ideias): Peça às crianças que pensem em coisas que podem fazer para demonstrar gratidão por uma das bênçãos que vocês mencionaram. Peça a algumas crianças que compartilhem suas ideias.

Outra sugestão:
Escrituras: D&C 136:28
Salmos 95:2

Pai Celestial nos abençoou com muitas coisas. Na verdade, tudo o que temos vem dEle. Podemos não nos dar conta disso, mas mesmo as bênçãos temporais vem dEle. Bênçãos temporais são coisas como nossa casa, carro, comida, e assim por diante. Mesmo os objetos menos importantes tais como brinquedos podem ser uma bênção temporal.
Quais são as bênçãos temporais pelas quais você é grato? (Passe alguns minutos falando sobre isso com as crianças. Peça-lhes que mencionem ou escrevam numa lista 3 coisas pelas quais são gratas).
Leia e discuta D&C 46:7. Como Deus dá liberalmente? Como fazemos as coisas com oração e

Atividade:
Decorar um jarro. A cada dia até o final do mês, escreva algo pelo qual você é grato em uma tira de papel pequena. Ao final do mês, leia todas as tiras com sua família.

Desafio:
A cada dia desta semana, anote uma bênção temporal pela qual você é grato e coloque na jarra que você fez durante a atividade.

(sugestão traduzida/adaptada do livro "I am a Child of God - 52 family night lessons", de Kimiko Christensen Hammari)